Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Notas sobre o futuro do pretérito (retrospectivas)

“Poderíamos ter feito”

“Deveríamos ter feito”

“Gostaríamos de ter feito”

O tempo verbal ‘futuro do pretérito’ é um tempo verbal de arrependimentos, de esperanças infundadas em ações não executadas e que geram anseio por um presente e futuro idealizado como melhor.

Se não fizemos: não podíamos, não deveríamos e, mais do que certamente, não gostaríamos. Se fosse possível, se fosse dever, se tivesse gerado prazer tinha acontecido!

Caso contrário, estava fora de nossa alçada!

Futuro do pretérito é um tempo verbal que ocorre, vez ou outra, no mundo da imaginação. Mas é lá que deve ficar, sem alimentar muito, sem virar constância, arrependimento, mágoa. Só vale para sabermos que todo e qualquer momento da vida é uma escolha, gera caminhos e descaminhos (que na imaginação viram futuro do pretérito – e lá permanecem).

Se escolhemos um caminho é por deixarmos outro para trás. E é lá que fica a trajetória não percorrida: PARA TRÁS. E é lá que deve morar. No pretérito, sem futuro acoplado.

O futuro do pretérito é um tempo verbal de falsas esperanças e insistências descabidas.

A felicidade pertence aos pretéritos imperfeitos (pois tomos temos defeitos irresistíveis!), pretéritos perfeitos e, claro, mais que perfeitos. A felicidade é um presente nosso de hoje, para o futuro: PERMITA-SE!

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: