Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Hoje acordei com saudades…

De um dia que amanhece devagarinho
Um sol aquecendo a terra
Dissipando a neblina
E eis que surge o verde dos morros
Ah! A Mata Atlântica que se faz presente

Abre a Janela! Uma invasão:
Aquele cheiro de maresia no ar,
A cor azul do céu e do mar
Um sorriso de bom dia
Um abraço no café da manhã
Uma preguiça prolongada em boa companhia,
Um mate prá fechar o dia…
meu sonho

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: