Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

De sonhos, dispersões e instantes

sonhamos mesmo é de olhos abertos
com os cheiros da rua
a cor das flores
a luz da lua

vivemos mesmo é na dispersão
de ideias e ideais
de alegrias e partilhas
de tristezas e solidão

Na certeza de que estar sozinho é um estado da alma
Daqueles que sofrem no meio da multidão
Vivo a plenitude de perceber o instante
e ao aproveitá-lo como eterno e infinito
Compartilho, Multiplico, complico
permito: o choro, o grito, o riso

No sonho acordado,
Na dispersão divertida,
No instante permitido…
onde está a sua vida?

Navegação de Post Único

3 opiniões sobre “De sonhos, dispersões e instantes

  1. Sylvia Caetano em disse:

    Na meta de ganhar algo a cada dia, hoje descobri teu blog… Ponto pra mim!!! Ganhei o dia!
    Bjo!

  2. anaarnt em disse:

    🙂 entre e fique a vontade! A casa é sua! Beijo

  3. Seyla Poliana em disse:

    Lindo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: