Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Não é sempre [uma resposta]

Disse alguém: “Não é sempre que servimos de inspiração”

Sorrisos ajudam, e não circulam livremente
São esguios, tímidos, sinceros
São acontecimentos, instantes

A arte é observar sutis detalhes
Por puro deleite
Conhecer minúcias imperceptíveis
Ser invadido por palavras cotidianas
Para dizer o óbvio

Poesia é inspiração
Vomitada letra por letra
Num espaço em branco
Um rompante de pensamento
Que não suporta fechar-se em si

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: