Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Liberto palavras

Felicidade é preguiça
Domingo de manhã
O barulho da chuva
Confirma a ordem do dia
Acorda, vira de um lado
Vira de outro e segue
Fazendo o que queres

Suspira, respira
O cheiro da chuva
Que exala no ar
A vontade de ficar
O dia, a noite, a vida
No suave balançar
Da rede, da leitura

Longe de ti
Invento modas
Sinto o vento
Curto minutos
Passando por mim
Escrevo versos
Liberto palavras
Que passeiam
E querem te encantar

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: