Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Das culpas de ser mulher

Choro por mim, por todos
Que pensam, falam, apontam
Na rua, na vida, na casa
Na rotina: modos de ser
Que culpam, diminuem, invalidam
Sujeitam a mim, a todas
A vestir isso, comer aquilo
Comportar assim, falar assado
Pois és menina, és mulher
Cor-de-rosa, comportada, delicada
Dedicada, é para casar…
Pois lava, passa, limpa, cuida
Ama, apanha, desgosta e cala

És menina? És mulher?
Pois então, desveste a pele
Da culpa, da rotina, da violência

Viva!
Abra e feche
O coração, as pernas, a razão
Quando lhe convier, quando amar, ou quiser
Vive e condene à culpa aos culpados
Liberta, e vive!

E trucida, dilacera, destroça
Com toda a elegância, delicadeza
Garra, fome e vontade
Que só uma mulher
Que anda, por onde quer
Que veste e sabe que é seu direito
Que submete a vontade
Somente a si mesma
Que pensa, diz, grita, ri
GAR-GA-LHA (alto)
É capaz.

Viva e seja feliz!

*Não há como calar frente às pesquisas divulgadas hoje sobre a culpabilização da mulher pelo estupro cotidiano e a permissividade da violência doméstica e sua possibilidade de justificativa em relação ao comportamento do homem. Não há como calar, no peito, nas vísceras… por isso, escrevo ‘esbravejadamente’, numa rabugice sem tamanho, nem vergonha… Não leu nada a respeito? Quer saber mais? Veja nas reportagens (aqui e aqui) o que foi constatado sobre como pensam homens e mulheres sobre estupro, violência doméstica e outras sandices. Veja também este blog que comenta brilhantemente o tema.*

(Quem sou? Essas aí, abaixo. Uma, mil, cada dia uma e nenhuma. Mulher: que pensa, ri, grita, chora, gargalha -e alto. Em uma montagem ego-trip da série: “vivo as inconformidades da vida, mas feliz por isso”)

Ana

 

update: entrando na campanha #eunãomereçoserestuprada

Captura de Tela 2014-03-28 às 19.46.35

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: