Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Diálogos (das faltas de ortografia e sabedoria)

– O que eu quero? Que tu sumas, pois não sinto mais nem tua ausência…

– Logo eu! Teu sempre e mais inútil de todos? Ah! Mas isso não é poesia!

– Ué, como não? Veio do fundo da alma, reverberando pura insuficiência

– De amor?

– Não… De pudor, suor, furor… Ou pura falta de ortografia e sabedoria.

 

(Para meio e desprezível entendedor, uma poesia, de diálogo “quase” inventado…
A última de uma leva: não mais pessa, nem fassa promeça…)

#beijonãomeliga  (Sem amor: eu)

#beijonãomeliga
(Sem amor: eu)

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: