Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Arquivo para o mês “dezembro, 2014”

Sobre o sorriso

movimento
encontro
olhar

suspira
suspira
só pira

percorre
minuciosa e
vagarosamente
de um canto
a outro canto
num só olhar

e sorri de volta
e de novo e de novo

sorriso:
compulsória ação
própria do querer
do ser, sentir,
tocar, viver
a alma
o fato
a pele

a pele?
o tato!
Apela:
S O R R I S O

#Sorrisos #QueVenha2015 #VemEFaçaDoMeuAmorTuaCasa

#Sorrisos
#QueVenha2015
#VemEFaçaDoMeuAmorTuaCasa

Sobre o que desejamos no Natal…

[Poesia/Acróstico sob encomenda para a família FanFab, a pedidos…]
Sobre os balanços de fim de ano, as constatações gerais e as resoluções… Mais um ano que as obviedades nos chegam: Amamos barbas. Amamos e queremos bem, queremos muito.
E por amar, neste balanço geral, declaramos sem pudor:

Foi ao
Acaso que
Conheci esse
Amor e

Agora?
Movimento
Os dias,
Respiro,

Namoro
Apego
Obrigo-me a

Fazer do
Amor
Calor,
Ardor!

Amor? Aos

Barbudos!
Ainda
Resolvo esse
Bem-querer num
Afago

#FanFab #FaçaAmorNãoFaçaABarba

#FanFab
#FaçaAmorNãoFaçaABarba

Coletivo de Acrósticos

Sobre um dia com pouca poesia, um tanto de safadeza e diálogos coletivos e inspiradores: Acrósticos baseados em coletividades…
Nada poético, nada inteligente, só risada, bobeira e sacanagem…

#Acróstico 1
Exponho
Um

Alerta
Mantendo a
Objetividade

Vício
Antigo:
Gozar e
Amar
Barbados
Únicos
Notívagos
Doutores em
Ociosa
Safadeza

#Acróstico 2
Todas
Unidas
Diante da
Obviedade:

Pessoas com
Usufruto
Totalmente
Acessível

Insaciáveis
Notórias
Condicionando
Luxúria
Usual
Satisfazendo
Irreverências
Versáteis
Em

Entusiasmos
Únicos.

Pensando palavras ao vento

#Desapega
#Acrósticos
#NinguémPresta ❤
#EuAmoVagabundos
#TudoPutaInclusiveEu

Frases XXXIV

Semana intensa e com conversas engraçadíssimas… Pois nem só de trabalho vive o povo…

– Ana, se eu decidir ser gay gera um filho meu? Pensa! Tu com esse olho, e eu com os meus…
– Eu topo! Louca para ser mãe e sem pai eficiente por perto… Quero pai lindo e inteligente…
– Lindo não, simpático. inteligente não, esforçado.
– Já pensou??? Ia ser muito bullying com a vida…
– Nosso filho ia ZERAR O MUNDO!!!

[conversa de grupo]
– Vocês não tem noção, eu to enchendo a cara de paçoca! Acordei com muito bom humor!!! Vem comer paçoca Ana!
– Eu não como paçoca, não como doce…
– Eu acho que o mundo inteiro tinha que parar para comer paçoca!
– Ela é a louca das paçocas, nossassenhora!
– Paçoca amanhã, paçoca hoje, paçoca sempre! ❤

– Eu diria não fala com ele. Mas provavelmente eu iria dar oi e depois xingar. Mas como amiga diria não fala.
– Precisa tu ser tão igual a mim assim? haahahhaha

– Tira minha roupa antes, depois me pergunta se aceito água ou café p.f.v. ahhahhaha. TEU CELULAR QUER MEU CORPO.
– hahahahahahah. Dizem que estes aparelhos eletrônicos só representam suas donas. Mas não sei, só ouvi falar.

[conversa de grupo]
– Isso, deixa elas pensarem que ficamos só nos abraços…
– Eu sei de tudo! A mana me passou relatório detalhado!
– Ela contou a parte que a gente penteou as barbies?
– Tudinho! Barbies, pôneis, unhas cor de rosa com purpurina…

– Well, now that we know each other a little, bit better, why don’t you come over here? [público]
– Aqui estou, hahahaha

[conversa de grupo]
– Eu mereço, mano…
– Merece não!
– Fiz pole dance na cruz usando espartilho
– Jogou merda na cruz, eu e a mana estávamos lá, vimos tudo. Também fizemos… Eras tu, né? Que tava ao nosso lado, não?
– Verdade! Era sim mana!
– Era! kkkkkkkk
– Eu sabia, reconheci esses cachinhos assim que entrei na adm. Isso não é amor, é carma
– Amor é a merda que jogamos na cruz…

– Oi! Você está bem?
– Defina “bem”
– Alegre, feliz, satisfeita, animada, entusiasmada (ou seja, bêbada…)
– hahaha. Médio

– ana, a fada peidando com o cú pegando fogo poderia ter uma mini tatuagem no braço dela escrito t*** (nome do moço) avacalhation fb forever
que tu avha???
– ahahahhaahaah. Acho digno

– tudo pode ser pior: na zoropa tão vendendo bolinhas de natal pra pendurar na barba e capsulas de glitter pra cagar com brilho. TUDO pode ser MUITO pior!!!!
– Cara… esse mundo tá perdido. Cueca de Renda E bolinha de natal na barba. affff, não dá.
– gliter na bosta, ana! glittttterrrrrrr na boooostaaaaaaaa, repito.
glit- ter na bos-ta. (preciso repetir pra me convencer)
– GLITER NA BOSTA!!! Inacreditável
– Eu li gliter na bosta????

– vou tentar te convencer a tomar pelo menos uma gelada… vou ver as gourmet lá
– hahahahahha, vai ser árduo

#preparativos!  ahahhahaah

#preparativos!
ahahhahaah

Férias

Quero vastos dias
de intensas alegrias
com versos e poesias
com sol e fotografias
ou noites em cervejarias
com sede, sem apatias
sempre em boas companhias
#férias #TardesAmenas

#férias
#TardesAmenas

Cento e trinta e sete

Relatórios, artigos, trabalho
Café, Café, Café
Lê, corrige, chora
Chimarrão, carne, cerveja?
Beijo, barba, sorriso?
Pele, abraço, cafuné?
Não! Ainda não
Papéis, papéis, papéis
Confere, presta conta
Descabela, não dorme
Café, café, café
Fala, sorri, encanta?
Não! Hoje não.
Trabalha, trabalha, trabalha
Café, mais café.
Corrige, dá nota
Ponto, vírgula, acento
Chocolate, Doors, alegria?
Fala, mostra, silencia
Paciência, inspira, expira
Relatórios, Trabalho, leitura
Corrige, corrige, corrige
Café, muito café.
Não dorme ainda
Hoje ainda não

Férias? Logo mais
Hoje? Café, Relatório
Banca, Prova, silêncio
Trabalha, trabalha, trabalha
Só mais quatro
Conta, vibra, sorri
Meus cem dias
Mais trinta dias
Mais sete dias
E aí, poesia?
Festa, muita festa.
Sorrisos, só sorrisos.
Família, amigos, família
Praia, sol, mar
Céu, Estrela, Saturno
Lua cheia, olha
Admira, admira, admira
Suspira, respira, inspira
Pira! Somente pira
Rede? Dorme, espreguiça
Poesia, escrita, palavra
Fotografa, olha, registra
Cerveja, Carne, Chimarrão
Tapioca, queijo, camarão
Cerveja, cerveja, cerveja
Escolhe o vestido
Sorri, olha, sorri
des ves te
Pele, beijo, suor
Respira, suspira, explora
Câimbra? Espreguiça: relaxa
Cafuné, barba, cafuné
A fa go
Espreguiça de novo
Rede, quietude, leitura
Dorme, acorda, dorme
Espreguiça, acorda, sorri
Dorme de novo
Só quatro dias!
Espera, espera, espera

#Férias

#Férias

Frases da Semana XXXIII

E mesmo em semanas de muito trabalho há bons diálogos por aí…

– punheta é melhor que rivotril põe la no blog frase da semana
– eu ia dizer que não pode mendigar frases, mas esta é realmente boa…
– vou mendigar to nem ai. vc que se vire para dar conta

– Chapa 3! Chapa 3! Chapa 3!

– Vai te fodeeeer! (…) Que horrooor! Mandei minha ex-professora de estágio se foder [ahhh o álcool]
– Sim, horrível, e eu bebendo cerveja 14.5% com minha ex-estagiária. Empatou.

– Affffff
:/
:/ Chata
– 😀 queridooooo
– afff
– Mala

– A gente te ama.
– Eu sei.
– Mas aqui tu só come almoço e janta.
– 😀 hauhauhauahuahau
– ❤

[conversa de grupo]
– Estamos aqui comendo verme de bambu. Bonzinho, tem um pouquinho de gosto de camarão
– Vermezinho de bambu prá você. Hmmm. Não é tão ruim… Baratinha, baratinha…
– É baratinha mesmo…
– Ela veio com grilinho.
– E aí, como é?
– Tem tudo o mesmo gosto!
[falas coletivas: Que nojooooo, ai que nojooooo! Vocês comeram tudo? Ai que nojooooo…] ainhê!!! Credo.

– Frase solta no ar: Para de Remar, Ana! Aprende a seguir o fluxo do caminho das águas.

#CaminhoDasÁguas

#CaminhoDasÁguas

Ingerências do Corpo: Prezados Senhores, uma resposta

“Não te estupro, pois tu não mereces” – Bolsanaro, 2014.

Prezados, 

Eu me deleito, pois eu mereço
Eu gozo, gargalho, grito, gozo de novo
E este corpo, não precisa de ti, para o gozo.
Nem da autorização do Estado
Ou da gerência de um homem
Só, somente só, da vontade da minha pele
Para o riso, o prazer, a volúpia
Minha, para mim, sobre mim,
sobre (a) minha pele, com minha pele,
Pelo sabor do meu corpo
Pelo meu suor, com vontade, sozinha
Ou acompanhada, quando eu quiser
E por, sempre, merecer
Minha festa, com dedo, língua e suor
E festa, muita festa.

Mas estupro, caros senhores, não mereço.
Nem eu, nem ninguém. Nem, perceba
no auge de vossas intenções de gerência
sobre o corpo e prazer alheios, vocês.
Sobre os corpos das mulheres, a força – e muita força
Só entra quando nosso querer mandar.

#MinhaFesta #MinhaVontade #MinhaPele

#MinhaFesta
#MinhaVontade
#MinhaPele

Insone

Mendigava cafuné
em madrugadas insones
Ganhava sorrisos
em conversas ao acaso
Encontrava risadas
sinceras e voláteis
Mas não sabia rimar,
nem terminar, a poesia

#notívaga #MadrugadasInsones

#notívaga
#MadrugadasInsones

 

Sobre sorrisos e peles

E meus olhos
 que buscam
que teu sorriso
intime insistentemente
meu sorriso?

E minha pele
que aguarda
pacientemente
o passeio prometido
pela tua desleixada barba?

Ideias, ideias, ideias

#IdeiasIdeiasIdeias #Sorriso

#IdeiasIdeiasIdeias
#Sorriso

Navegação de Posts

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto!

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: