Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Frases da semana XL

Semana cheia de falas… Esquecidas, atrapalhadas, mimizentos, silenciosas, engraçadas, bonitas, saudosas… Uma semana, enfim, normal.

 

– Vai pela direita
– Quando falam direita ou esquerda me fodem.
– A outra direita
– DIREITAAAAAAA

– Ana, eu caí ontem?
– Cair? Não que eu tenha visto… Pq? Tá roxo?
– Porra..eu lembrei que cai. Hahahahaha. Tu não lembra? No carro…’simulando’ que estavamos salto..rs
– SIM! Caíste! Hahahahahah
[corta para a citada cena, recordando]
Porta aberta do carro, to sentada no banco atrás.
– Ana, Ana. Vai ser assim ó. Você vai estar dentro do avião, saca? Eu vou estar aqui, aqui óh. Desse jeito. Ai eu vou pular antes assim.
[volta para hoje]
– Malander..eu tomei um escorrega..hahahaha. Mas quando isso?

– Muito boa essa!!! Vc sempre se entrega no sorriso rs.
– sempre não! Só para os que valem a pena.

– Tá bem?
– eu? To. Pq?
– feeling
– to bem
– Tá estranha
– Tava almoçando.
– Ok.
(… 2h depois)
– mentira. Eu tenho saudades de ganhar cafuné. Fui. Beijo.
– hahahahahahaha

– eu e essa mania de morar longe
– eu tenho essa mania também. To chata hoje.
– kkkkk
– Mas o bom (não de ser chata – eu sou chata sempre) de morar longe é que eu sou mala o suficiente para me auto-convidar. E tenho pilas pra ir.
– Kkkkk vc não é chata e não se auto convidou. Fui eu quem te convidou! Kkkkkkk

– pegava. Pegava muito.
– pegava quem meu amor?
– essa moliér. Reproduzindo os provérbios do Cortéz.
– que mulher?
– era pra ti!
– Hahahahahahahahha! Tu és um amor

– se eu acreditasse nessa história de céu e etc. Você passando na fila pra nascer e o encarregado falando;
“Ah, essa aqui eu vou por dois espelhos do mar no lugar de meros olhos Só pra ver a opressão da galera”.
– hahahaha lindo tu!

– meu equador… Aiai. Segue ali! A D O R O
– Essa linha. Queria saber Pq. Só eu que tenho?
– é pra me fazer feliz.

– homem querido é uma bosta.
– kkkkkkkkk. E eu sou por natureza!
– uma bosta? Nunca tinha conhecido bosta cheirosa e gostosa.
– nãããããoooooo! É queridooooooo.
– hahahahahahahahahahahaha

– Ah, não… Não vá sem antes tomarmos um café.
– eu disse que não insistiria mais.
– temperamental.

– é uma fala genérica “o ego dos moleques” – só te incluí nisso.
– Compreendi, mesmo. Estava enchendo.
– Serio? Nunca imaginei que entenderias…
– calma. Como isso? Como não imaginar que estaria ao meu (ou de qualquer outro) alcance a compreensão de uma fala genérica? : |
– eu sempre imagino o pior das pessoas.

– enfim. O cara é um babaca. Vou malhar. Bjo
– vai la, que vou malhar os misogenos ali.
– hauhauhaua, não pilha demais senão terei que banir geral depois.

[conversa de grupo]
– e quando a guria vem dizer que acha linda a minha peroca e eu não lembro de ter mandado foto pra ela! VCS DERAM SHARE NA MINHA PEROCA????
– para mano. Todo mundo sabe que tu já mostraste a piroca no metrô.
– fica mostrando esse pau pra todo mundo, isso q da – perdeu o controle do alcance da piroca
– ela vai dominar o mundo! qndo o homem chegar em marte. A bandeira sera a imagem da MINHA PEROCA!
– quando o homem chegar em marte, haverá uma estátua da sua piroca sendo cultuada pela civilização local
– Peroca intergalática.

– somos mágicas demais para passar por isso.

#mágicas

#mágicas

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

caderninhodeideias.wordpress.com/

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto!

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: