Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Definições…

Efusividade:
não, não acho que o mundo seja um moinho,
nem que vai triturar meus sonhos tão mesquinho,
nem reduzir minhas ilusões a pó.

Intensidade:
discordar de gênio,
amar o sim, o som, a cor.
E se de cada amor só nos restar
o cinismo, ainda assim: amar.

Vontade:
passear no parque,
tempo para amar,
espaço para sentir,
V A G A R suave.

Realidade:
sono sem fim,
cotidiano despertar,
tua distância no silêncio
quase sempre.

Plena leveza?
Caminhar num repente,
sem destino,
nem motivo aparente.

Não há rima para a minha rotina.

Dos abismos de nós

Dos abismos de nós

Navegação de Post Único

2 opiniões sobre “Definições…

  1. Acho que não há rima pra ninguém , quem inventa é que se destaca .

    Carpe diem !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

caderninhodeideias.wordpress.com/

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto!

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: