Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Definições [amor e paixão]

Paixão:

Parece fluidez, deixa leve, inquieta, suave, voando ao sinal da brisa que vem e tira o chão dos pés [mas quando esperas segurança sem ímpetos fugazes…], te lembras que sobriedade é bom…

Amor: 

Te joga na caixa forte, apresentando segurança, estabilidade, conforto, sobriedade… Nem a mais poderosa tormenta abala, [mas quando aparece uma brisa suave…] tu respiras e lembra que é bom não ter chão nos pés…

Bom mesmo é plasticidade, construção que se molda, transforma no cotidiano [e todos os dias]: com âncora, sem corrente, se deleita na brisa suave, se abriga na tormenta voraz.
Que por ser livre… Decide ficar. 

Definições: quem precisa delas???

até o limite da paixão

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

caderninhodeideias.wordpress.com/

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto!

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: