Notas não aleatórias

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Escrita, café e sentimentos inventados

Retrospectiva 2015:
Não tinha como ficar sem este escrito! A maluquice de gostar demais, beber muito café e escrever sobre gostar e beber café: esta sou eu!

Sentimentos inventados (adoro), dedicados, descritos… É, sempre tem um bichinho besta no meio do caminho…

Notas não aleatórias

Escrever é mais sobre cafuné bem feito e sorriso sincero, do que sentimentos inventados em tardes amenas.

Mas principalmente (e sempre e toda a vida) sobre um começo de dia com café sobre a mesa. Não há manhã que se salve sem um bom café…

– Nunca?!?

Ah! Existe… Nesses casos, todavia, trata-se mais das tais invenções em noites (nada) amenas, que terminam em bocejos prolongados entre um suspirar e outro, naquele cansaço preguiçoso que aguarda, apenas (e deliciosamente) o sono vir, enquanto a xícara de café (uma para dois) esfria despretenciosamente na mesa ao lado.

É que em momentos assim o café acontece só no período da tarde…

( e a manhã não foi salva! Foi condenada a passar em silêncio, entre pernas enlaçadas em um sono sincero, de uma exaustão extasiante)

Escrita, café e sentimentos inventados Escrita, café e sentimentos inventados

Ver o post original

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

caderninhodeideias.wordpress.com/

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto!

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Ecce Medicus

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

Blog do Sakamoto

[o acaso da vida existe, a aleatoriedade da escrita: jamais!]

%d blogueiros gostam disto: