Palavras ao Vento

penso, logo escrevo!

Arquivo para a tag “Mate”

O tempo

O tempo de parar, o tempo de respirar…
Quanto tempo dura uma pausa?
Quanto tempo gastamos, inutilmente, em uma tarefa
por não fazer uma pausa?
O tempo de um parágrafo?
O tempo de um cansaço?
O tempo de uma vida?

Reunindo gerações
Em volta da mesa
em cima da cama
no intervalo do trabalho
no parque do domingo
ou ao longo das tarefas
Inspirando corações

Ela, a cafeína
presente nas mais cotidianas tradições
No café ao despertar
No mate ao reunir
No chá ao entardecer
Na universidade ao estudar
Ela, sempre, nos oferece
o tempo de parar e respirar

Quanto tempo dura uma pausa?
O tempo de conversar em família
O tempo de produzir uma dissertação
O tempo de escrever duas frases
O tempo de procurar a citação
O tempo de um pensamento
Que vai longe e, quando volta, nos diz
Que entre um gole, e outro gole, e outro gole
É o tempo de uma vida feliz

9711278232_96fccdc1f7_o
Imagem retirada de: http://www.flickr.com/photos/10paezinhos/9711278232/
Pensado a partir do Quase nada 227, de Fabio Moon e Gabriel Ba
Inspirada em amigos, em conversas, em pausas para o café e o mate, em família. Em tempos bem passados.

Um mate

Um mate amargo
Prá quebrar o tédio
Celebrar a noite
Agradecer o dia
e relembrar…

Saudades…

Saudades incontidas
De um abraço apertado
De um sorriso verdadeiro
De um mate amargo
Na beira da praia

Saudades imensuráveis
De um amor não vivido
De uma amizade sem fronteiras
De uma conversa sem distância
No pátio de nossa casa

Navegação de Posts

Caderninho de Ideias

Pra escrever o que eu acho sobre tudo que gosto!

TROVANDO ideias

TROVANDO ideias

cozinha pra machos

todo mundo pode cozinhar

Escreva Lola Escreva

penso, logo escrevo!

Ecce Medicus

penso, logo escrevo!

Blog do Sakamoto

penso, logo escrevo!

%d blogueiros gostam disto: